AS MELHORES DELÍCIAS DO MUNDO ÁRABE EM UM SÓ LUGAR

Os pratos do Arab misturam tradição e criatividade, características da casa desde sua inauguração em 1996. O restaurante, que se tornou uma referência da culinária árabe, oferece desde pratos típicos da culinária tradicional assim com criações autorais exclusivas desenvolvidas por Vivian Arab. Tudo isso aliando saúde e sabor. O restaurante funciona no café da manhã, no horário de almoço com buffet a quilo e à la carte no jantar.

ARAB NO FACEBOOKARAB NO INSTAGRAM

Todos os dias de manhã, o Arab oferece iguarias árabes a partir das 8h. Entre as delícias matinais estão a coalhada fresca ou seca, frutas, sanduíches, torradas, do pão pita caseiro, sucos e café com leite. Uma das marcas da casa é o pão pita, também conhecido como pão árabe, que é feito na hora artesanal sem aditivos químicos e sem açúcar e pode levar záhtar, um mix de especiarias árabes, o qual é servido em todos os horários de refeição da casa.

No almoço, o buffet preza pela variedade, sabor, saúde, e inventividade na composição dos elementos num passeio irresistível pelo melhor da cozinha árabe. Para incrementar a seleção de pratos, Vivian Arab pesquisa e cria novas combinações a todo o momento. “A ideia é oferecer receitas energéticas e pouco calóricas, sem esquecer o sabor”, explica ela. Lá é possível encontrar o tabule, o couscous marroquino, a salada fattouch (alface, pepino, cebola, tomate e pão pita da casa torrado no alho e limão), as kaftas de carne ,frango e cordeiro, quibes fritos e assados vegetariano ou de carne, esfihas de carne , queijo e berinjela, lahn’hajin min mini a estilla (massa folheada receita do Iraque) ,folheados com cordeiro queijo cabra e damasco, os mehches que são os recheados tradicionais,  de folha de uva , abobrinha, berinjela e repolho, frango defumado com   damasco, mjadra  que é o nosso arroz com lentilhas e cebolas fritas numa composição que reúne cerca de 106 pratos diferentes, dos quais 22 são de saladas, entre elas as tradicionais.

No menu do jantar, delícias da culinária marroquina e da cozinha árabe-judaica. O clássico couscous pode ser apreciado com carneiro, frango ou frutos do mar. Para quem quer provar um pouco de cada delícia, a dica fica por conta dos Mezze, combinados que reúnem tradicionais receitas árabes. São nove tipos, que incluem opções light, vegetariana, tamanho família ou apenas o Mezze Arab já um clássico. O cardápio árabe-judaico traz a mesa receitas como beigale de batata, de frango e de camarão; tsimmes de cenoura – prato associado na cultura judaica a fartura e dinheiro -; hering, uma sardinha marinada, servida com creme de leite e cebola e varenikes, uma massinha com recheio de batata com molho branco e assim como o tradicional o gefiltefish.